Notícias
 
Escritor O. G. Rego de Carvalho morre aos 83 anos em Teresina
Fonte: Cidade Verde | Publicado em: 09/11/2013  
 
O Governo do Estado do Piauí divulgou uma nota sobre o escritor O. G. Rego de Carvalho, que faleceu neste sábado (9). Veja nota abaixo:
 
"O Governo do Estado manifesta profundo pesar pelo falecimento do escritor Orlando Geraldo Rego de Carvalho (O. G. Rego de Carvalho), ocorrido neste sábado, dia 9 de novembro. 
 
Cidadão exemplar, o escritor nascido em Oeiras, honrou o Piauí com sua produção literária, reconhecida nacionalmente. Entre seus livros mais conhecidos estão Rio Subterrâneo e Ulisses Entre o Amor e A Morte. Em nome dos piauienses, o governador Wilson Martins se solidariza com a família enlutada, a Academia Piauiense de Letras e a todos os piauienses, que têm em O. G. Rego o exemplo de um grande escritor."
 
Atualizada às 12h41 (horário local)
O velório do escritor O. G. Rego de Carvalho acontecerá na tarde deste sábado (9), na Pax União da avenida Miguel Rosa. A informação inicial é de que o corpo do autor oeirense seja sepultado ainda hoje, por volta das 17h, no cemitério Jardins da Ressurreição.
 
Publicada às 11h57 (horário local)
Faleceu na manhã de hoje (9) o escritor Orlando Geraldo Rego de Carvalho, aos 83 anos, no Hospital São Paulo em Teresina. O. G. Rego, como era conhecido, estava internado há oito dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e morreu com falência múltipla dos órgãos. 
 
O professor Luiz Romero, que é amigo dele, confirmou o falecimento. “A língua brasileira e a língua portuguesa perderam um dos maiores nomes da renovação da literatura contemporânea e a literatura piauiense perde seu maior ficcionista”, declarou.  
 
Ainda não há confirmações de velório e enterro do escritor que é natural de Oeiras, mas morava em Teresina. 
O professor Cineas Santos também lamentou a morte do escritor. “O. G. Rego de Carvalho é uma das figuras mais representativas da moderna ficção brasileira, bastaria o livro ‘Ulisses Entre o Amor e a Morte’ para justificar a sua presença luminosa entre nós. Perdemos um cidadão, mas sua obra com certeza permanecerá”, destacou o professor.
 
Obras
O escritor nasceu em Oeiras no dia 25 de janeiro de 1930. Seu primeiro livro, “Ulisses entre o amor e a morte”, foi lançado quando tinha 23 anos (1953) e já possui 13 edições, mas antes disso lançou a revista "Caderno de Letras Meridiano", um marco dentro do Modernismo Piauiense. 
 
É ocupante da cadeira número 6 da Academia Piauiense de Letras. Sua obra mais marcante é Rio Subterrâneo (1967), porém também é autor de: Amarga Solidão (1956), Somos Todos Inocentes (1971), Como e Por Que Me Fiz Escritor (1989) e Ficção Reunida (2001), dentre outras publicações.

Notícias anteriores

Voltar | Página principal

 


APL - Academia Piauiense de Letras - Copyright 2009 © - Política de Privacidade
Av. Miguel Rosa, 3300/Sul Centro - CEP: 64000-000 - Teresina - Piauí - Fone: (86) 3216-1723