Notícias
 
Deputado Paes Landim participa de debate sobre Rio Parnaíba
Fonte: Assessoria | Publicado em: 19/05/2014  
 
A situação de degradação em que se encontra o Rio Parnaíba, fez com que os imortais da Academia Piauiense de Letras – APL organizassem o evento intitulado “Encontro em Defesa do Rio Parnaíba”. O deputado federal José Francisco Paes Landim esteve no evento realizado no último sábado (17), juntamente com autoridades políticas e ativistas ambientais.
 
De acordo com o deputado, não só o Rio Parnaíba, mas rios como o Piauí e o Gurgueia estão em situação preocupante. “O Governo não tem se empenhado em recuperar esses rios. Trata-se de uma questão não só de importância ambiental, mas de importância econômica para o Estado”, ressaltou.  
 
 
Na ocasião o imortal Elmar Carvalho, falou para o para o deputado sobre a questão do desperdício e da poluição. “Esse rio tem relevância imensa para o abastecimento de água no Piauí. Infelizmente, há muito despejo de esgoto. Há esgotos, queimadas e construções desordenadas. Além do constante desperdício de um bem tão precioso”.
 
 
Já o imortal Humberto Guimarães enfatizou sobre a necessidade da elaboração de projetos que vislumbrem a navegabilidade do rio Parnaíba. “São necessários projetos sérios para recuperar a navegabilidade do Rio. Durante anos houve falta de cuidado por parte das autoridades. Muito se fala em obras, mas estas não saem do papel nem das palavras”, lamentou.
 
 
O rio Parnaíba, também conhecido como Velho Monge, nasce na Chapada das Mangabeiras e serve de divisa entre os Estados do Piauí e Maranhão. O rio deságua no Oceano Atlântico formando o único Delta em mar aberto das Américas. Entretanto, ao longo dos anos, o Parnaíba vem perdendo sua navegabilidade o que prejudica o desenvolvimento do potencial econômico.
 
 
Obras importantes da literatura piauiense como “Palha de Arroz” do escritor Fontes Ibiapina, “Beira Rio, Beira Vida” de autoria do consagrado Assis Brasil e “Rio Subterrâneo”, marco da obra de O.G. Rego de Carvalho são alguns dos livros que trazem o Rio Parnaíba como elemento de composição indispensável.
 
Na ocasião, os acadêmicos Humberto Guimarães e Elmar Carvalho proferiram palestras com os respectivos temas “O Rio Parnaíba na Literatura Piauiense” e “Rio Parnaíba: problemas e soluções”.
 
O evento contou com a participação do Superintendente de Recursos Hídricos, Demócrito Barreto, Representantes da Associação dos Magistrados do Piauí e Imortais da Academia Piauiense de Letras.

Notícias anteriores

Voltar | Página principal

 


APL - Academia Piauiense de Letras - Copyright 2009 © - Política de Privacidade
Av. Miguel Rosa, 3300/Sul Centro - CEP: 64000-000 - Teresina - Piauí - Fone: (86) 3216-1723